Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Corrida mortal

         Perseverar não é correr, é todo dia manter-se na busca da conquista.




Corrida mortal


         Assim diz o SENHOR: Mantende o juízo e fazei justiça, porque a minha salvação está prestes a vir, e a minha justiça, prestes a manifestar-se.
Livro do Profeta Isaías, cap. 56:1.  


Não mate o teu Cristo
Correndo aflito
Atrás das coisas materiais
Que tiram a paz
E depois se acabam.


Não mate o teu Cristo Interno
Que te livra do inferno
E do sentimento de revolta.


Não mate o Cristo do Amor
Que te fará construtor
De grandes obras.


Não mate o Cristo Trabalho
Que tira qualquer atrapalho
E concede grandes vitórias.


Não mate o Cristo Bondade
Que é na verdade
Quem você é.


Não mate o Cristo Saber
Que está em você
Desde que o SENHOR DEUS te gerou.


Não mate o Cristo Ciência
Que governa a tua consciência
Nos milênios sem fim.

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Entrou em Jerusalém

         O Senhor JESUS retorna em Poder e Grande Glória querendo os homens ou não.




Entrou em Jerusalém


         Tantos os que iam adiante Dele como os que vinham depois clamavam: Hosana! Bendito o que vem em nome do SENHOR!
Evangelho de JESUS segundo Marcos, cap. 11:9.


JESUS, o CRISTO Planetário,
Que criou este belo cenário
Entrou em Jerusalém,
Cidade que ninguém,
Nem o melhor arquiteto
Poderia construir
Se o Divino Arquiteto
Não lhe desse os meios
Para tal fim,
Retorna enfim
Com Poder e Majestade,
Na Glória da Sua Divindade.


Pois Dele diz o Evangelho da Iniciação
Escrito pelo Evangelista e Profeta João:

         “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com DEUS, e o Verbo era Deus”.


Onde o construtor comum
Que com o SENHOR DEUS não é UM
Como o MESTRE JESUS,
Poderia arranjar os Efeitos
Para levantar no Seu Planeta
Os seus pequeninos feitos?


Toda pessoa inteligente
Percebe claramente
De onde vieram. 

JESUS entra em Jerusalém triunfalmente
Obra-prima de
Pedro Orrente.

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Suicídio um ato penal

         Se São Paulo diz que: “A morte foi tragada pela vitória”, é porque não é mais necessário o fenômeno da morte num Planeta de Regeneração; a morte só vai ter serviço em Planos de Expiação.




Suicídio um ato penal


        Naqueles dias os homens buscarão a morte e não a acharão; também terão ardente desejo de morrer, mas a morte foge deles.
Apocalipse de JESUS segundo João, cap. 9:6.


Não pense você
Que vai se livrar da pena
Ou que alguém vai ter pena
Do seu ato covarde.


Simplesmente a Vida
Que em você está contida
Irá permanecer
Fazendo-a ver
O seu ato atroz.


Você vai continuar vivendo
E ainda querendo
Solucionar o dilema.


Mas,
Enquanto o tempo
Do seu corpo não se cumprir
Você vai carpir
A dor que queria sentir
De uma só vez.


Se tiver de viver
Mais cinquenta anos
Ficará jungida à matéria
Esperando ela
Pacientemente chegar ao fim:
Decompondo-se. 

A árvore perde as folhas e os frutos, o corpo material se decompõe


terça-feira, 16 de setembro de 2014

Desejo de morrer

     O DEUS CRIADOR colocou em cada ser criado o Sentido da Vida Eterna, mesmo estando de passagem pela Terra.





Desejo de morrer


     Tomai sobre vós o Meu jugo e aprendei de Mim, porque sou pacífico e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma.
Evangelho de JESUS segundo Mateus, cap. 11:29.


Quando o desejo de morrer
Tentar te influenciar
Dê a volta por cima
E comece a se amar.


O amor por nós
Nunca nos deixa sós,
Pois mostra uma beleza interna
Que nada na Terra
Pode tirar.


Quanto mais a pessoa se ama
Mais acende a chama
Do AMOR DE DEUS
Que nela manifesta
A Sua Presença.


O amor por si mesmo
Tira do ermo
Qualquer Espírito.

Renovação

domingo, 14 de setembro de 2014

Espírito e fortuna

     O equilíbrio se inicia na devida atenção à Vida Eterna.




Espírito e fortuna


     Quanto a si mesma se glorificou e viveu em luxúria, dai-lhe em igual medida tormento e pranto, porque diz consigo mesma no seu coração: Estou sentada como rainha. Viúva não sou. Pranto, nunca hei de ver!
Apocalipse de JESUS segundo João, cap. 18:7.


E dia a dia
O Ser Humano guarda
Um bem que se acaba.


E hora a hora
Ele sempre explora
O conhecimento material
Para descobrir afinal
Os seus bens.


Em cada momento
Ele usa o tempo
Para juntar,
Sem ao menos fazer despertar
O seu Espírito
Que espera contrito
Um diálogo.


Nos seus, vamos dizer,
Cinquenta anos de idade
Ele pouco doou a Humanidade
Por estar muito ocupado consigo.


E os objetos
De um corpo
Que um dia tombará morto
Ele dá toda a atenção,
Negando ao seu Espírito
A devida ascensão.


Tudo ele dá à matéria
Que vai fecundar a terra.


Pobre Ser descuidado
Que não percebeu
Que de todo lado
Muita gente morre
E só a terra a socorre.